Páginas

sábado, 18 de dezembro de 2010

Echeverias e familia








Depois de algum tempo ausente do blog, regresso com algumas fotos de Echeverias e familia. Nos ultimos tempos tenho-me inclinado mais, ou melhor dizendo, prestado mais atenção, às suculentas. Apesar de sempre ter gostado de suculentas, estando sempre presentes nos meus vasos, misturadas com outras plantas, ao jeito de salada mista:) , nunca lhes dediquei grande atenção, até porque são plantas que pouca atenção necessitam, salvo um ou outro caso mais delicados. Os cactos foram os meninos mais mimados, levando para eles todas as atenções, e por incrível que pareça, têm sido esses os que mais me têm desiludido. Este Outono e Inverno voltei a perder uma grande quantidade de plantas, umas pequenas, mas pior, algumas já com uns anos consideráveis, o que me deixou um pouco "arreliada" com os cactos. Talvez por isso tenha começado a olhar com outros olhos para as suculentas, pois essas aí estão, de pedra e cal para o que der e vier!

5 comentários:

micael disse...

Moro perto de Paços de Ferreira que tem um inverno muito rigoroso. Os dias têm estado com temperaturas negativas (-4) e os cactos e as orquídeas, por aqui, não resistem. Morrem logo, mal chega o frio. O gelo que se forma durante a noite é tal que, mal abro a janela de manhã, vejo os campos brancos como neve.
Bom fim-de-semana.

Dorisalon disse...

Hola Cris, muy bonitas las echeverias... me alegro que hayas retomado el blog!

Feliz Natal

Cris disse...

Micael, os cactos resistem bem ao frio se tiverem a terra seca, mas se apanharem água isso é fatal para muitos. Se conseguir protegê-los da chuva, talvez consiga que aguentem melhor o inverno. Eu este ano, e também o ano passado, perdi muitos devido também à humidade ambiental, pois no Outono faz algum calor e com a humidade, é o ambiente propicio às doenças. E outros estavam na rua, desprotegidos, pois não consigo tê-los todos dentro da pequena estufa.

Dorisalon, gracias, de a poquito voy retomando los blogs:)

Feliz Natal

Sandra Rocha disse...

Foi como eu tantos perdi que a minha paixão foi ficando mais pequena, as suculentas são bem melhores, arrancas atiras com elas para cima da terra e agarram-se à vida :)
Beijos.

Cris disse...

É verdade Sandra, essas quase nunca nos dão desilusões! Mesmo com esta chuva toda, lá estão elas, bem bonitas e fortes!